"Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém,
posso apenas dar boas razões para que gostem de mim... e ter paciência para que a vida faça o resto.

(William Shakespeare)

EU

Desculpem-me se por ventura encontrarem erros por aqui.

Sou um ser em construção, em constante movimento de transformção e evolução.

Sou um ser humano.

Aqui você pode Copiar e Colar

Aqui você pode Copiar e Colar
mas vale também comentar e os devidos crédidos dar.

sábado, 17 de abril de 2010

Modelo de questões Prova Brasil 5º ano

PORTUGUÊS
 1 - A boneca Guilhermina


   Esta é a minha boneca, aGuilhermina. Ela é uma boneca muito bonita,
que faz xixi e cocô. Ela é muito boazinhatambém.
   Faz tudo o que eu mando. Na horade dormir, reclama um pouco.
   Mas depoisque pega no sono, dorme a noite inteira! Às
vezes ela acorda no meio da noite e diz que está com sede.
Daí eu dou água para ela.Daí ela faz xixi e eu troco a
fralda dela.Então eu ponho a Guilhermina dentro do
armário, de castigo. Mas quando ela chora,eu não aguento.
Eu vou até lá e pego aminha boneca no colo.
   A Guilhermina é a boneca mais bonita da rua.

MUILAERT, A. A boneca Guilhermina. In: As
reportagens de Penélope. São Paulo: Companhia das
Letrinhas, 1997, p. 17. Coleção Castelo Rá-Tim-Bum –
Vol. 8.
a) O trecho “A Guilhermina é a boneca mais bonita
da rua”  expressa:

(A) uma opinião da dona sobre a sua boneca.
(B) um comentário das amigas da dona da
boneca.
(C) um desejo da dona de Guilhermina.
(D) um fato acontecido com a boneca e a sua
dona.

b) No trecho “Mas quando ela chora, eu não

aguento” , a expressão sublinhada
significa, em relação à dona da boneca,
sentimento de

(A) paciência.
(B) pena.
(C) raiva.
(D) solidão.


2 -     Feias, sujas e imbatíveis

                 (fragmento)

     As baratas estão na Terra há mais de
200 milhões de anos, sobrevivem tanto no
deserto como nos pólos e podem ficar até 30
dias sem comer. Vai encarar?
    Férias, sol e praia são alguns dos bons
motivos para comemorar a chegada do verão e
achar que essa é a melhor estação do ano. E
realmente seria, se não fosse por um único
detalhe: as baratas. Assim como nós, elas
também ficam bem animadas com o calor.
Aproveitam a aceleração de seus processos
bioquímicos para se reproduzirem mais rápido
e, claro, para passearem livremente por todos
os cômodos de nossas casas.
    Nessa época do ano, as chances de dar
de cara com a visitante indesejada, ao acordar
durante a noite para beber água ou ir ao
banheiro, são três vezes maiores.

Revista Galileu. Rio de Janeiro:
Globo, Nº 151, Fev. 2004, p. 26.

a) No trecho “Vai encarar?” (��. 4), o ponto de
interrogação tem o efeito de

(A) apresentar.
(B) avisar.
(C) desafiar.
(D) questionar.

b) A expressão “Vai encarar?” , é marca de
linguagem

(A) científica.
(B) formal.
(C) informal.
(D) regional.

3 -      Qualquer vida é muita dentro da floresta


Se a gente olha de cima, parece tudo parado.
Mas por dentro é diferente.
A floresta está sempre em movimento.
Há uma vida dentro dela que se transforma
sem parar.
Vem o vento.
Vem a chuva.
Caem as folhas.
E nascem novas folhas.
Das flores saem os frutos.
E os frutos são alimento.
Os pássaros deixam cair as sementes.
Das sementes nascem novas árvores.
As luzes dos vaga-lumes são estrelas na
terra.
E com o sol vem o dia.
Esquenta a mata.
Ilumina as folhas.
Tudo tem cor e movimento.

ÍNDIOS TICUNA. Qualquer vida é muita dentro da floresta.
In: O livro das árvores. 2. ed. Organização Geral dos
Professores Ticuna Bilíngues, 1998. p. 48.

a) A ideia central do texto é

(A) a chuva na floresta.
(B) a importância do Sol.
(C) a vida na floresta.
(D) o movimento das águas.

b) O que diz o trecho

“Esquenta a mata.
Ilumina as folhas.
Tudo tem cor e movimento.”
acontece porque:

(A) aparecem estrelas.
(B) brotam flores.
(C) chega o sol.
(D) vem o vento.

4 - Sobrenome


Como vocês sabem
Frankenstein foi feito
com pedaços de pessoas diferentes:
a perna era de uma, o braço de outra,
a cabeça de uma terceira
e assim por diante.
Além de o resultado
ter sido um desastre
houve um grave problema
na hora em que Frankenstein
foi tirar carteira de identidade.
Como dar identidade
a quem era uma mistura
de várias pessoas?
A coisa só se resolveu
quando alguém lembrou
que num condomínio
cada apartamento
é de um dono diferente.
Foi assim que Frankenstein Condomínio
ganhou nome e sobrenome
como toda gente.

PAES, José Paulo. Lé com Cré. São
Paulo: Ática, 1996.

O assunto do texto é como

(A) as pessoas resolvem seus problemas.
(B) as pessoas tiram carteira de identidade.
(C) o condomínio de um prédio é formado.
(D) o Frankenstein ganhou um sobrenome.

24 comentários:

  1. Suas sugestões são ótimas!
    Obrigada.

    ResponderExcluir
  2. vc realmente e o que diz o proverbio ninquem e tao. um abraço

    ResponderExcluir
  3. ADOREI TE VISITAR,CONTINUE ASSIM...QUE RECEBA EM DOBRO O QUE FAZ PELOS OUTROS.ABÇS

    ResponderExcluir
  4. sua existencia é especial.ASQUESTOES SÃO OTIMAS.

    ResponderExcluir
  5. amei te visitar, agora estarei sempre ligadas nas suas ideias. grande abraço!

    ResponderExcluir
  6. Oi tudo bom,gostei muito da prova Brasil por que as questão foram bem elabora é de facil compreensão.E no Gabarito nota 1000000000000

    ResponderExcluir
  7. Olá! Me chamo Evelyn,faço o 5ºano e amei as sugestões da provinha Brasil. Gostaria de ver mais novidades. Bjsss a equipe...

    ResponderExcluir
  8. Valeu colega !!!! É muito bom saber que existe professores que compartilham conhecimento.

    ResponderExcluir
  9. Olá!!! meus alunos vão prestar este ano a provinha Brasil pela primeira vez, não sei o que posso fazer para ajuda-los. Se diver sugestões ou mais modelinhos de prova mande para mim. (5° ano)
    Obrigado Tia Ro.

    ResponderExcluir
  10. OBRIGADA VOCÊ ME AJUDOU MUITO.

    ResponderExcluir
  11. AMEI VISITAR SEU BLOG
    VOCE ESTA CONTRIBUINDO PARA A MINHA SELEÇÃO DE ATIVIDADES QUE IREI TRABALHAR COM MEUS ALUNOS

    ResponderExcluir
  12. Que voce continue assim , torço por voce Amei seu blog viu Jeane. Cláudia/ AL

    ResponderExcluir
  13. Oie!! Adorei encontrar modelo de Prova Brasil em seu blog para que eu possa exercitar com os alunos. Continue sendo essa maravilhosa pessoa que sabe compartilhar. bjão, Angela/RS

    ResponderExcluir
  14. Ola! adorei o exemplo da Prova Brasil. Que Deus a ilume sempre e continue a disseminar o conhecimento. Pois um saber guardado não tem nenhum valor. Abraços e beijos.

    ResponderExcluir
  15. Oi Jeanne,
    Temos em comum o nome, a profissão e o gosto pela educação...Amei seu blog!
    Jeanne Gomes Pereira Lima _DF
    jeannegpl@gmail.com

    ResponderExcluir
  16. Foi ótimo ter lhe visitado... adorei seu trabalho, continue fazendo pela educação,
    para que nossas crianças um dia possa ser
    felizes!!!

    ResponderExcluir
  17. Parabéns pela sua excelente iniciativa!!!! sucesso na sua vida profissional! Abraços e Beijos

    ResponderExcluir
  18. Ola! Amei visitar seu Blog.Meus alunos vão prestar este ano a provinha Brasil. Gostaria que você me ajudasse, mandando mais modelinhos de prova para mim (5ºano)obrigada Marta
    e-mail:martinhadias13@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  19. Adorei as sugestões....

    ResponderExcluir
  20. Costumo dizer que, ser professor em um país como o Brasil, onde esta profissão é tão desvalorizada...é realmente pra quem tem amor ao que faz e, que bom saber que você é uma dessa pessoas comprometidas com nossa educação. Continue firme e forte nessa jornada árdua.. abraços

    ResponderExcluir
  21. olá, gostei do seu blog! muito bom as sugestões que vc deixa para nós internautas.

    ResponderExcluir

**Oi, que bom que você me visitou,
agora deixe uma mensagem.**